Varizes como me livrar delas?


Um tratamento muito estudado na última década foi o LASER. Os aparelhos de LASER produzem luz com determinadas características que podem ser controladas com perfeição. Estas características fazem com que a luz seja seletivamente absorvida por células vermelhas do sangue dentro dos vasos sanguíneos na pele. Estas características seletivas levam a alteração da energia dentro dos vasos que se quer eliminar, mas não lesam os outros tecidos ao seu redor. Assim se atinge o objetivo de eliminar os pequenos vasos da pele.

Na Clínica optamos pelos tratamentos combinados, onde utilizamos todas as técnicas. Disponibilizamos além das tecnologias de Luz, LASER , a Crioescleroterapia, e a Escleroterapia.

Um exame clínico do médico vai determinar qual entre todos os tratamentos disponíveis melhor se adapta a cada caso. Temos disponíveis na Clínica todas as opções de tratamento, aceitas internacionalmente, mas sob bases estritamente científicas. De uma maneira geral, o que pode mudar individualmente, Preferimos o Laser para tratamentos de vasos faciais, do colo, e vasos na região do tornozelo e pés, além dos vasos e vermelhidão gerados pela Rosácea.

Utilizamos o Laser também em Membros Inferiores principalmente em vasos menores, mais superficiais, névoa telangiectásica, em pacientes que não aceitam agulhas, etc). Na maioria dos casos utilizamos a Crioescleroterapia, em outros, o tratamento associado, Crioescleroterapia e o LASER juntos. A melhor opção será escolhida pelo médico, dependendo do caso e do paciente.

No rosto o LASER é mais eficiente, porque os vasos são muito superficiais, ou seja, existe uma pequena extensão de pele entre a superfície e os vasos, o que diminui riscos e facilita o tratamento. O procedimento é realizado no consultório, sem a necessidade de anestesia, podendo o paciente retornar a suas atividades no mesmo dia. Existe restrição ao sol antes e depois do tratamento. O LASER é o melhor tratamento para os vasos do rosto e pequenos vasos do colo. Para o tratamento do membro, não é igualmente eficiente para todos os vasos, assim preferimos utilizar o LASER de forma combinada, associando a crioescleroterapia. Assim pode ser utilizado para os vasos menores e mais superficiais, onde é eficiente e a crioescleroterapia para os vasos de pele mais profundos.

Um novo tipo de LASER, o EVLT, agora vem sendo utilizado nas cirurgias com muita eficiência ele e responsável pela ablação (um tipo de cauterização) da safena , tornando desnecessário a retirada da mesma , diminuindo o número de cicatrizes ,hematomas, dor , parestesias e sem falar que esse procedimento pode ser realizado com sedação e anestesia local, não tendo a necessidade de um bloqueio anestésico , e o paciente retorna muito mais rápido ‘as suas atividades normais. Como funciona o LASER O LASER atravessa a pele sem a lesar e atinge a hemoglobina dos vasos que é vermelha. A hemoglobina recebendo o LASER faz aumentar a temperatura do sangue que acaba por eliminar o vaso pelo calor. Isso ocorre porque os aparelhos de laser produzem luz com determinadas características que podem ser controladas com perfeição . Estas características fazem com que a luz seja seletivamente absorvida por células vermelhas de sangue dentro dos vasos sanguíneos na pele. Estas características seletivas levam a alteração da energia dentro dos vasos que se quer eliminar, mas não lesam os outros tecidos ao seu redor. Assim se atinge o objetivo de eliminar os pequenos vasos da pele. Nos rosto o laser é mais eficiente, porque os vasos são muito superficiais, ou seja existe uma pequena extensão de pele entre a superfície e os vasos , o que diminui riscos e facilita o tratamento . Alguns lasers possuem a ponta fria enquanto outros não. A ponta fria permite abaixar a temperatura da pele, diminuindo a dor e protegendo ainda mais a pele da ação da energia de luz. O procedimento é realizado no consultório, sem a necessidade de anestesia, podendo o paciente retornar a suas atividades no mesmo dia. Existe restrição ao sol antes e depois do tratamento. Restrições Sol 30 dias antes e 15 dias depois.O procedimento é praticamente indolor. Cada pulso de laser sente-se como uma um pequeno golpe de elástico na pele, que ocorre por uma fração de segundos. Quase todos pacientes toleram bem o procedimento e anestesia não é necessária. Na nossa clinica utilizamos resfriamento da pele para melhorar a tolerabilidade.

Os Resultados são Permanentes? Nenhum procedimento estético deve ser visto como permanente, os vasos são eliminados, mas outros podem aparecer com o tempo, e um tratamento de manutenção pode ser necessário. Várias sessões podem ser necessárias para a eliminação completa de todos os vasos. Cuidados adequados com a pele vão diminuir o aparecimento de novos , principalmente a proteção solar.

Quantos Tratamentos Necessitarei?

O número de sessões necessárias não pode ser previsto. Cada paciente é diferente e responde diferentemente aos tratamentos de laser. O número de tratamentos também depende do tipo de vasos a serem tratados. Algum vasos requerem só um tratamento e outros três ou mais tratamentos.

Existem outros tratamentos para vasos ?

Sim , existem outros e entre eles preferimos a Crioescleroterapia. Estes tratamentos são menos dispendiosos do que o LASER. Um tipo de vaso ou de pele pode responder melhor ao tratamento com laser e outro ao tratamento de Crioescleroterapia . Em alguns casos onde as veias são maiores, uma pequena cirurgia com anestesia local é o método mais indicado . Na nossa optamos pelos tratamentos combinados, onde utilizamos todas as técnicas, escolhendo as que melhor se adaptam para cada caso.

Um exame clínico do médico vai determinar qual entre todos os tratamentos disponíveis melhor se adapta a cada caso. Temos disponíveis na Clínica todas as opções de tratamento, aceitas internacionalmente , mas sob bases estritamente científicas. Preferimos o Laser para tratamentos de vasos faciais e vasos na região do tornozelo e pés. Utilizamos o Laser em Membros Inferiores em casos especiais ( vasos menores, mais superficiais, em pacientes que não aceitam agulhas, etc). Na maioria dos casos utilizamos a Crioescleroterapia, em outros, o tratamento associado, Crioescleroterapia e o Laser juntos. A melhor opção será escolhida pelo médico, dependendo do caso e do paciente.

Fonte:Revista vitrine do aposentado

Contate-nos
  • Revista Vitrine do Aposentado
  • Revista Vitrine do Aposentado

Links Úteis

Post%20(2)_edited.jpg
Post%20(2)_edited.jpg
Post%20(2)_edited.jpg
Logovitrinedoaposentado_edited.jpg

© por vitrine empresarial