Tomate


Tomate

Apesar de constantemente associado à cozinha da Itália, dado seu largo uso na sua culinária italiana,

o tomate já era primordialmente consumido nas civilizações inca, maia e asteca antes de ser levado

para a Europa. Embora bem mais comum encontrá-lo na coloração vermelha, atualmente, novos

tipos de tomate podem ser encontrados na cor rosada, amarela e laranja. Os dois últimos são mais

difíceis de serem encontrados no Brasil. O consumo do tomate é recomendado pelos nutricionistas

por ser um alimento rico em licopeno (média de 3,31 miligramas em cem gramas), vitaminas do

complexo A e complexo B e minerais importantes, como o fósforo e o potássio, além de ácido

fólico, cálcio e frutose. Quanto mais maduro, maior a concentração desses nutrientes. O tomate é

composto principalmente de água, possuindo, aproximadamente, catorze calorias em cem gramas,

somente. Alguns estudos comprovam sua influência positiva no tratamento de câncer, pois o

licopeno, pigmento que dá cor ao tomate, é considerado eficiente na prevenção do câncer de

próstata e no fortalecimento do sistema imunológico. O tomate está associado a índices reduzidos

de câncer de pâncreas, cervical e próstata. Ele protege o organismo de infecções bacterianas, assim

como de perturbações digestivas e pulmonares. Em cataplasmas ou cru, ele age como

desinflamatório, sendo também muito benéfico para a atividade cerebral. O suco de tomate puro

servido com salsa ajuda a dissolver cálculos renais. Além disso, é ótimo para combater as infecções

e exerce efeito anti-séptico no corpo, neutralizando resíduos ácidos.

Contate-nos
  • Revista Vitrine do Aposentado
  • Revista Vitrine do Aposentado

Links Úteis

Post%20(2)_edited.jpg
Post%20(2)_edited.jpg
Post%20(2)_edited.jpg
Logovitrinedoaposentado_edited.jpg

© por vitrine empresarial