Como o dentista hospitalar atua para prevenir doenças bucais?

Por: Beatriz Carvalho


Um indivíduo não pode ser considerado saudável com uma saúde oral comprometida. A interação multiprofissional deve ser uma ação contínua entre as equipes do hospital, e isso inclui médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, fisioterapeutas e também, dentistas hospitalares – com o único objetivo de oferecer um tratamento integral ao paciente. 

A falta de higiene bucal é frequentemente observada em pacientes hospitalizados, podendo acarretar em futuras complicações de sua saúde em geral.  Inclusive, as condições bucais dos pacientes em estado crítico podem se agravar dependendo do estado geral do doente. 

Se odontologia tem tudo a ver com você, saiba aqui como o dentista hospitalar atua na prevenção de doenças bucais.


Tratamento integral ao paciente

Saúde é fundamental para qualquer ser humano. Embora a conexão não seja muito bem associada pelos pacientes, estudos descobriram que pessoas com doenças bucais têm maior probabilidade de ter futuras complicações de saúde no corpo. A doença periodontal por exemplo, tem sido considerada fator de risco para doenças cardiovasculares.

Em geral, a higiene bucal dos pacientes hospitalizados é comprometida devido à incapacidade física do paciente, falta de motivação dos acompanhantes e material de higiene bucal; e muitas vezes, a desvalorização da equipe. Por isso, o cirurgião-dentista hospitalar deve ser um membro permanente da equipe, visto que ele apresenta habilidades para realizar o atendimento odontológico adequado aos pacientes, com o objetivo de prevenir possíveis focos infecciosos e doenças oportunistas que contribuem na extensão do período de hospitalização. 


Mais detalhes

Os três principais problemas são: ressecamento labial , úlceras traumáticas , e saburra lingual.

Em geral, o doente em estado grave acaba sendo colocado em ventilação mecânica – cerca de 40% desses pacientes têm de ser submetidos a tal tratamento. Isso os impede de  fechar a boca e provoca ressecamento, uma porta de entrada para a colonização do biofilme por microrganismo. Em situações como essa, o trabalho em conjunto com a equipe de enfermagem é fundamental, já que esse corpo clínico é o responsável pela higiene dos pacientes.

observa-se que, com a introdução da higienização bucal e a presença do cirurgião dentista na UTI, nota-se redução importante no número  de casos de pneumonia associada à ventilação mecânica.


Odontologia Hospitalar

Existe uma grande importância em manter uma boa saúde bucal dos pacientes hospitalizados, pois a presença de problemas e doenças bucais pode prejudicar o estado geral de saúde dos pacientes. Ou seja, a Odontologia Hospitalar desempenha um papel importante no tratamento integral dos pacientes. Os dentistas hospitalares devem fazer parte da equipe multidisciplinar do hospital, e isso vai garantir assim, o tratamento adequado para saúde integral do paciente.

Fonte:faculdade Unileste

Contate-nos
  • Revista Vitrine do Aposentado
  • Revista Vitrine do Aposentado

Links Úteis

Post%20(2)_edited.jpg
Post%20(2)_edited.jpg
Post%20(2)_edited.jpg
Logovitrinedoaposentado_edited.jpg

© por vitrine empresarial